Idéias e trabalho coletivo

janeiro 13, 2011

Faz um tempo que eu estou com uma idéia de texto na cabeça, mas não consigo parar para desenvolvê-la  e aí ela fica aqui me perturbando, pentelhando meus dias. Vou colocar aqui e, de repente, numa obra coletiva, ela finalmente venha ao mundo.

A idéia nasceu em uma das semanas em Brasília, lendo o Correio. Nasceu do incômodo com a formação do ministério da presidenta. Com a sucessão de nomes esquisitos  e do leilão dos interesses públicos. A força do PMDB, apesar de seu interesse básico ser defender os valores retrógrados da política republicana brasileira. A manutenção de ministros, como o Fernando Haddad, que eu não entendo bem o que dinamizaram nos setores em que atuaram. “Seria bom ter a perspicácia do Machado de Assis para escrever sobre esse momento da política brasileira”, pensei eu… e foi assim que a idéia nasceu.

O texto deveria contemplar uma série de figuras comuns da nossa política e mostrar o ridículo que estamos vivendo. Melhor seria se conseguisse também fazer um vôo sobre as classes altas e médias, os miseráveis, as pessoas viciadas em internet (blogs, facebooks e afins)…

Parei por aqui. Falta muita coisa para que a idéia se articule. Talvez falte ler mais Machado de Assis ou passar mais tempo maturando a idéia… Joguei a bola para a rede, vamos ver no que vai dar! (Às vezes eu tenho expectativas positivas com a internet…)

Anúncios

8 Respostas to “Idéias e trabalho coletivo”

  1. Cris Q said

    Cabeça, qual a diferença entre ser relutante ou simplesmente ter preguiça?

  2. Layla said

    Eu também queria saber isso. Às vezes eu digo que sou preguiçosa… mas ainda não sei se isso ou eu não quero fazer parte de certas coisas… Mas me tendo a gostar dos dois

    • Layla said

      Só para arrumar os erros da minha digitação de antes:
      Eu também queria saber isso. Às vezes eu digo que sou preguiçosa… mas ainda não sei é se isso ou se eu não quero fazer parte de certas coisas… Mas tendo a gostar dos dois

  3. Layla said

    É, acho que sim

  4. pataqui said

    Eu queria gostar de ser preguiçosa! Mas eu sou e ainda nao a prendi a gostar mesmo.

  5. pataqui said

    Layla, esse é um texto para se escrever quando a gente pensa: “eita vida de gado”!
    Acabei de ler a coluna do Xico http://colunistas.yahoo.net/posts/8032.html que talvez siga por esse caminho…apesar de os últimos parágrafos deixarem a desejar! 🙂

  6. Edinho said

    Estou só aguardando que a ideia venha pra poder ler as linhas dessa mais recente “blogueira” (não se ofenda com o rótulo, pois a palavra foi colocada aqui da forma mais denotativa possível)! :]

    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: